quinta-feira, 19 de junho de 2008

Companhia Picolino Mirim


COMPANHIA MIRIM DO CIRCO PICOLINO

Composta por 15 alunos/aprendizes das artes circenses da Escola Picolino de Artes do Circo, a mais nova Companhia Mirim do Circo Picolino surgiu em julho de 2007 com o objetivo de realizar apresentações nos mais diversos locais, mostrando o trabalho realizado pela Escola Picolino e levando alegria e arte circense para a população.


Participação no Festival de Ginástica: Alegria na Escola - Campus Ondina - UFBA

Já nos primeiros anos da Escola Picolino, fundada em 1985, os alunos que se destacavam nas aulas eram chamados a integrar a Companhia Mirim. Este primeiro grupo viajou para a Europa em 1989, se apresentando no Festival Voiron, França. Algumas Companhias Mirins foram montadas durante estes 22 anos de atividades. A grande maioria dos jovens que fizeram parte deste grupo desenvolveram-se artisticamente e integraram ou integram a Companhia de Circo Picolino, constituida por profissionais formados pela própria Escola de Circo.

Os treinos da Companhia Mirim acontecem às terças e quintas-feiras, junto com os demais alunos do grupo básico de circo, e aos sábados, onde eles ensaios montagem de números e aprimoram suas técnicas.


Apresentação no Circo Picolino

A mais nova Companhia Mirim da Escola Picolino é formada, atualmente, pelo seguinte elenco: Adriele Carvalho, Alisson, Anderson, Danilo, Erivaldo, Evelyn, Jaciane, Jéssica, Leandra, Maurício, Rebeca, Romário, Salomão, Sandra e Vânia.

Participação np Ação Global 2008 - Parque de Exposições - Salvador/BA

Com exceção de Adriele e Val, os demais aprendizes foram encaminhados pelo Projeto Ágata Esmeralda, que completou 15 anos de atividades no Brasil e 10 anos de parceria com a Escola Picolino.

2 comentários:

Anônimo disse...

pequena correção alunos -aprendizes -
Anselmo

Anselmol disse...

Todas as criança que formam este grupo fazem parte da parceria com o Projeto Ágata Esmeralda que mantem, a mais de 10 anos , centenas de crianças em atividade na escola Picolino.

Anselmo Serrat

Quem sou eu